Blog

Vistoria técnica em condomínios: saiba a quem recorrer

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

07A existência de problemas como rachaduras, vazamentos, abatimento de pisos etc. podem ser situações bastante comuns em condomínios de todos os portes. Quando problemas como este são detectados, a necessidade de uma obra pode surgir a qualquer momento e com ela também algumas dúvidas como qual a causa real do problema e suas soluções, qual o profissional ideal para a vistoria técnica, quais são as empresas especializadas no assunto que atuam no mercado e qual tipo de orçamento solicitar.

Em situações como esta em um condomínio, o primeiro passo é solicitar a vistoria técnica por um engenheiro especializado em perícias e que seja independente de empresas que realizam este tipo de obras. A vistoria técnica realizada por este engenheiro é importante, pois ele fará um diagnóstico completo, chamado laudo técnico, apontando as possíveis falhas na edificação e até mesmo em seu projeto, as suas soluções, quais os tipos e quantidades de materiais que deverão ser utilizados, qual será a melhor intervenção técnica e as sugestões de empresas especializadas no mercado para executar a obra.
Para que este trabalho seja eficiente, é importante que o síndico ao realizar a contratação do engenheiro especializado em perícias, verifique a sua área de conhecimento e se ele realmente possui formação específica para a necessidade do condomínio. Existem condomínios que solicitam a vistoria técnica de um técnico em edificações. Este profissional é habilitado somente para a realização de vistorias técnicas mais simples como aquelas direcionadas a conservação predial.

Finalizada a vistoria técnica pelo engenheiro especializado em perícias e identificado às causas do problema através da emissão do laudo técnico, o síndico já pode solicitar o orçamento a empresas especificas que realizam o tipo de obra necessária ao condomínio. O laudo técnico será utilizado como base para a realização da cotação e o síndico tem o papel de exigir que a empresa cotada siga exatamente o que está descrito no documento. Em casos de obras mais complexas, o acompanhamento do engenheiro especializado em perícias pode ser realizado junto à empresa que está executando a obra de forma criteriosa e independente.

Geralmente, os custos com a vistoria técnica a ser realizada pelo engenheiro especializado em perícias varia de acordo com o tipo de condomínio, a sua área de construção e também o nível de análise a ser realizada por este profissional. O valor inicial estimado para a execução da vistoria técnica é a partir de R$ 2.000,00, podendo sofrer variações de acordo com a complexidade que demanda o serviço.

Outra situação são os edifícios entregues pela construtora pela construtora que possuem vício de construção ou projeto. Nesses casos, a contratação de um engenheiro especializado em perícias para avaliação da situação e elaboração de um laudo técnico apontando as falhas na construção e suas soluções também é uma boa alternativa, pois auxilia o síndico durante a negociação com a construtora na solicitação de reparos aos danos causados durante a execução da obra. Para esta situação, a emissão do laudo técnico se torna ainda mais importante como prova essencial em caso de ação judicial contra a construtora responsável pelo dano.

O engenheiro especializado em perícias também pode auxiliar o condomínio na elaboração de um plano de manutenção para evitar transtornos futuros partindo da vistoria técnica completa de toda a edificação. Ou seja, serão analisados itens do condomínio como o seu estado de conservação, o nível de risco do dano e se há ou não emergências a serem sanadas. A partir de todas estas informações, o engenheiro especializado desenvolve um calendário de manutenção, incluindo a estimativa de custos para o condomínio.

A vistoria técnica feita por um engenheiro especializado em perícias é uma excelente escolha em condomínios, pois, este serviço evita imprevisto além de ajudar o síndico na tomada de decisões relacionadas ao assunto.

Notícia patrocinada por: CondoBox

© 2018 CondominiUM Online. Todos os direitos reservados.